Organizadoras

Enquanto psicólogas e organizadoras do evento assumimos o papel de investirmos em evidenciar e problematizar as temáticas que constituem o ser-feminino-no-mundo. Convocamos a olhar com responsabilidade as práticas misóginas a que somos submetidas. Dentro da própria psicologia, onde somos na enorme maioria mulheres, vemos esse fator como representativo dos papéis que são assumidos por mulheres no mercado de trabalho. As carreiras ligadas ao “cuidado” têm, em sua maioria, mulheres.

As relações de gênero tecem suas tramas nas expressões sociais e nos move a abrir um espaço de reconhecimento e possibilidades de outras interpretações dessa identidade feminina. Sem contar as infinitas nuances que o ser mulher abriga: ser mulher negra, ser mulher de periferia, ser mulher trans, ser mulher mãe e outras tantas variáveis que somente quem as vive pode nos apresentar.

“Trabalhar no sentido de vencer estas polaridades tanto das relações de gênero como de categorias de pensamento implica lidar com os problemas teóricos de mudança, ruptura e descontinuidades históricas”
Maria Odila Leite da Silva Dias

Adriana Moraes

Psicóloga
Foto: Adriana Moraes Schoenacher

Luanna Velloso

Psicóloga
Foto: Luanna Velloso

Colaboradores

“Sonho que se sonha só
É só um sonho que se sonha só
Mas sonho que se sonha junto é realidade”
Raul Seixas

Alexsandra Garcia

Idealização e suporte logístico
Foto: Alexsandra Garcia

Fabio Gameleira

Suporte técnico e criação do site
Foto: Fabio Gameleira

Gabriela D. Araújo

Idealização e suporte logístico
Foto: Gabriela Davino Araujo

Lucas Werner

Suporte Audiovisual
Foto: Lucas Werner